Dial P for Popcorn: Martha Marcy Links Marlene (1)

segunda-feira, 12 de março de 2012

Martha Marcy Links Marlene (1)


Vá, vamos fingir que eu não me esqueci que "prometi" fazer esta revisão semanal de links do meu interesse todos os domingos. Eu juro-vos que todas as semanas lá junto um conjunto de links para publicar num artigo mas todas as semanas me dá uma preguiça enorme e acabo por não o fazer. Mas já é 2012 (há três meses; mas enfim) e há que procurar mudar maus hábitos. São tantos os links esta semana que vou dividir este artigo em duas partes. Vamos à primeira dose:


"Moonrise Kingdom" de Wes Anderson, um dos meus realizadores favoritos da última década ("Darjeeling Limited", "Fantastic Mr. Fox", "The Royal Tenenbaums"), é o filme que fará a abertura do 65º Festival de Cannes. O filme, cujo poster e trailer vos deixo abaixo, conta com Tilda Swinton, Bruce Willis, Jason Schwartzmann, Bill Murray, Frances McDormand e Edward Norton no elenco. [In Contention]



Falando do festival em si, foi lançado o cartaz comemorativo da 65ª edição, com Marilyn Monroe a soprar as velas de aniversário, continuando a senda de colocar brilhantes actrizes (em 2010 foi Juliette Binoche) nos seus cartazes anuais. [In Contention]

Estreou ontem "Game Change", o telefilme da HBO que narra os bastidores da campanha presidencial de McCain e Palin, com Julianne Moore e Ed Harris nos principais papéis. Apesar de alguma polémica com que o filme foi recebido, todos concordam unanimemente numa coisa: Julianne Moore é magnífica no papel que alguns dizem ser o melhor da sua carreira. Ainda não vi e estou ansioso, mas como pode ser a melhor interpretação da carreira de uma senhora que já devia ter três Óscares por três inesquecíveis interpretações ("Safe", "Boogie Nights" e "Far From Heaven") e muitas outras de enorme gabarito? [In Contention]

Não há palavras para descrever a primeira foto de "Lone Ranger" de Gore Verbinski, com Johnny Depp (quem mais, não é verdade?) no papel do nativo americano Tonto e Armie Hammer ("The Social Network", "J. Edgar") como o titular Lone Ranger. Vejam por vocês próprios... [Awards Daily]



Para quem estava preocupado com a carreira de Viola Davis pós-derrota nos Óscares, escusa de estar: a mulher parece estar a dar-se bem, envolvida em vários novos projectos. O primeiro a ser anunciado é o do filme biográfico sobre Barbara Jordan, a primeira política negra eleita para o congresso. O filme será produzido pela produtora que fundou com o seu marido. Vai à caça desse Óscar, Viola! [Awards Daily]

Inspirados pelo sucesso de "The Big Bang Theory", o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussetts), decidiu criar um curso de Charme, onde os seus alunos, todos marcadamente geeks, poderão aprender como se ajustar melhor às normas da vida social. Uma ideia inspirada, penso eu, que até pode dar resultado nalguns casos. Deve haver ainda alguns Sheldon Cooper por aí... [Plano Crítico]

Quem daqui segue "Once Upon a Time" religiosamente? Pois, eu também, mas não gosto de admitir que sou mais um daqueles enfeitiçados com as histórias da carochinha e dos contos de fadas da série. Enfim, que se há-de fazer, o coração é que manda. Esta semana o episódio promete: começam finalmente a contar a história do Capuchinho Vermelho, de longe a minha personagem favorita das quais falta ainda falar. Só perde para o Príncipe que é, sem margem para dúvida, a personagem melhor desenvolvida do enredo, e para Mr. Gold, um segundo lugar bastante próximo. [TV Line]

E aqui ficam sete novas dicas dadas pela produção da série no PaleyFest 2012 sobre o que ainda nos falta desvendar até ao final da temporada. [The Hollywood Reporter]

Continuando na ABC - e se viram o promo desta semana - saberão que um dos personagens proeminentes de "Desperate Housewives" morre. Pois bem, foi revelado em tribunal esta semana, durante o julgamento que opõe Marc Cherry, criador da série, e Nicolette Sheridan (Edie Britt), qual seria essa personagem. Quem não quer o episódio arruinado, fuja deste parágrafo; aos destemidos que não têm problema com spoilers, avancem para o link. [EW]

Admito desde já que não sou um fã doente de "Community". Dito isto, acho inconcebível como a NBC foi capaz de arrumar com uma das suas melhores séries para canto enquanto tem "Whitney" a torrar audiências todas as semanas e quando não consegue ter sucesso de audiências com nenhuma das suas séries (nem com a exageradamente promovida "Smash"). Felizmente, o pessoal por detrás da adorável e bizarra comédia tem-se entretido com webisódios e promos geniais. Como este: [TV Dependente]


Fez-me lembrar este fantástico promo de "Friends" de 1995, pela ousadia e originalidade.

George R.R. Martin, criador da saga As Crónicas de Gelo e Fogo, adaptadas para televisão pela HBO com o título "Game of Thrones" (nome do primeiro livro da saga), vai estar em Portugal nos dias 18, 19 e 20 de Abril. O TV Dependente apresenta-nos, para nossa comodidade, o guia dos sítios por onde o senhor vai passar. Embora eu ache entusiasmante que o senhor viaje por todo o mundo em promoção dos seus livros - e provavelmente vá pedir-lhe um autógrafo no dia 20 - tendo em conta a sua idade e saúde geral, penso que seria mais proveitoso para ele - e todos nós - que ele se sentasse em frente ao computador e acabasse de vez a saga. Antes que não a acabe nunca. [TV Dependente]

O Samuel Andrade do Keyzer Soze's Place decidiu presentear-nos com um mimo esta semana: a sua lista dos 100 filmes favoritos de sempre. Como seria de esperar, alterna entre o clássico e o contemporâneo com uma facilidade incrível, albergando todos os géneros e praticamente todos os grandes autores da sétima arte. Tenho um grande apreço, como ele sabe, pelo seu #1, que também é o meu. Vão lá espreitar, comentem e, acima de tudo, aproveitem e usem e abusem da lista para conhecerem mais e melhor cinema. [Keyzer Soze's Place]

Via "O Homem Que Sabia Demasiado", uma análise pertinente entre a dicotomia do que é ser uma actrizes noutros tempos e nos dias de hoje. Invariavelmente, todos chegamos à mesma conclusão: já não se fazes actrizem como Bette Davis, Deborah Kerr, Katharine Hepburn, Greta Garbo, Claudette Colbert, Ginger Rogers, Ingmar Bergman, Grace Kelly e outras. O que mais encontro de parecido são as grandiosas actrizes dos anos 70 e 80 como Meryl Streep, Jane Fonda, Vanessa Redgrave, Maggie Smith, Shirley MacLaine e outras, mas nem essas chegam ao pé das outras. Por isso acho estranha a maior parte das comparações feitas pela Vanity Fair (então a de Vergara e Loren é um absurdo completo). Mas admito que aprecio imenso e até partilho da mesma opinião quanto a Swinton e Hepburn. [O Homem Que Sabia Demasiado]

E se os Óscares só fossem dados 20 anos depois, para que se possa verificar se um filme tido como grande na sua época deixou de facto uma impressão inapagável anos após a sua glória? Será que errariam menos? Esta é a proposta dos "20/20 Awards", que anualmente atribuem prémios com 20 anos de atraso. Já decorreram as cerimónias de 1989, 1990 e 1991. Alguns resultados são verdadeiramente surpreendentes. [The 20/20 Awards]

Finalmente e para encerrarmos esta primeira metade de links, deixo-vos com o trailer do novo filme de Walter Salles, "On the Road", protagonizado por Garrett Hedlund, Sam Riley e Kristen Stewart, com nomes como Kirsten Dunst e Viggo Mortensen, entre outros, em papéis menores. O livro de memórias de Jack Kerouac é das leituras mais fascinantes que já tive o prazer de fazer. Ainda assim, temo muito pelo filme. Não vai ser fácil passar do papel para a tela as emoções vibrantes que transpiram do romance autobiográfico.



1 comentário:

João Samuel Neves disse...

Realmente 2012 vai ser gigante em cinema! Há muita coisa boa a aparecer. Continua com esta crónica, mesmo que seja mensal, porque actualiza-me de muita coisa que me passa ao lado! ;)

João