Dial P for Popcorn: Antecipação para 2012-2013 (II)

domingo, 28 de outubro de 2012

Antecipação para 2012-2013 (II)


Peço desculpa se vos desacelerar a abertura da página mas ainda assim, para ser mais fácil, optei por juntar todos estes trailers num só (gigantesco) artigo, partido em três partes, por secções de entusiasmo.

Passando à segunda parte deste gigante artigo (Parte I AQUI):

Secção 
ESPREITAREI CERTAMENTE / SINTO-ME OPTIMISTA:


CLOUD ATLAS

O trailer parece prometer algo que o filme não pode com certeza concretizar, tal a magnitude do projecto e das narrativas em intersecção. Ainda assim, não vos parece divertido ver Tom Hanks a interpretar seis personagens diferentes num só filme? E ver a mestria de Tom Twyker e os irmãos Wachowski a trabalhar em conjunto? Este filme tem potencial para ser um espectáculo abraçado efusivamente ou um desastre épico. Será divisivo, sem dúvida. Cá estarei para ver de que lado me situo.



GEBO E A SOMBRA

Já nos cinemas, mas tenho tido preguiça de ver. Manoel de Oliveira tem-me cansado, sempre a reciclar as mesmas temáticas e preocupações existenciais de filme para filme. Este parece prometer mais do mesmo, mas o retorno à língua estrangeira atiça-me a curiosidade. Hei-de comprar bilhete, disso não duvido.




LINCOLN

O novo Spielberg. E eu digo isto com a melhor das intencionalidades. Por cada "Tintin" que me surpreende, há três ou quatro "War Horse" ou "Munich" que aí vêm. Em qual das categorias cai "Lincoln"? Pela conversa dos festivais, está no meio termo dos dois, uma espécie de "Amistad", que é quando considero que o Spielberg decidiu desistir de ser um cineasta sério, não sem antes coleccionar Óscares pelo medíocre "Saving Private Ryan". Já me convenci que o Steven não volta a fazer algo tão bom como "Schindler's List". Lá verei isto também, mas sem grande expectativa. Pode ser que goste - tem o Daniel Day-Lewis afinal.



END OF WATCH

As críticas desta película protagonizada por Jake Gylenhaal puseram-me em sobressalto, de tão boas que são. Particularmente considerando que tem pairado conversa de Óscares sobre o trabalho dele e de Michael Peña. Sinto-me interessado, contudo pouco mais que isso.



SMASHED

Aaron Paul. Mary Elizabeth Winstead. Um elenco secundário interessante (Octavia Spencer, Megan Mullally, Nick Offerman). Críticas de Sundance impecáveis. Color me curious.



CHILDREN OF SARAJEVO
LORE
OUR CHILDREN
A ROYAL AFFAIR

Contingente de filmes estrangeiros de segunda linha candidatos ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. Nos quatro casos, as críticas prevêem coisas boas. O meu grau de entusiasmo em relação a eles varia, mas quero vê-los a todos. Até porque os últimos três, pelo menos, estão garantidos como melhores do ano em muitas listas - e como prováveis nomeados para os Óscares no próximo mês de Janeiro.






SAFETY NOT GUARANTEED
TAKE THIS WALTZ
KILLER JOE

Estão os três juntos porque vá, confesso, já os vi aos três. Recomendo vivamente todos eles, se bem que com reservas porque não são típicas comédias (no caso do primeiro), dramas (no caso do terceiro) e comédia-drama (no caso do segundo). Exigem um bocadinho de paciência. Todavia, são os três dos melhores filmes que vi nos últimos tempos.





A ver se acabo o resto da lista nos próximos dias. Agora vocês: quais destes filmes vos chamam à atenção?

3 comentários:

Sofia Santos disse...

assim no imediato:

Lincoln
A Royal Affair
Take This Waltz
Children of Sarajevo

e... gostei da iniciativa

Jorge Rodrigues disse...


Sofia -- Obrigado pelo elogio e pelo comentário! Destes todos, tenho grande esperança para os estrangeiros todos (especialmente o OUR CHILDREN, de quem já ouvi elogios fantásticos) e End of Watch. O Take This Waltz, para fãs do minimalismo da Sally Potter, é majestoso. E a Michelle é brilhante.

Jorge Teixeira disse...

Grande post. Vou-me basear aqui em algumas sugestões que não tinha nas minhas listas. Well done!

Cumprimentos,
Jorge Teixeira
Caminho Largo