Dial P for Popcorn: Grandes Divas do Ecrã

sábado, 2 de outubro de 2010

Grandes Divas do Ecrã

E em honra da recém-falecida Sally Menke, editora de longa data de Quentin Tarantino - e que fez o seu melhor trabalho, para mim, neste "Kill Bill: Vol. 1" (2003) -, deixo este post com uma das maiores divas da década passada (ainda por cima considerando que teve de enfrentar outras divas - O-Ren Ishii, Bill, Elle Driver - iguais ou piores que ela):


"Your name is Buck, right?"


"And you came here to fuck, *right*?"


[manda a porta contra a cabeça; procura nos seus bolsos e encontra um par de óculos de sol e umas chaves; lê o porta-chaves e...]

 "Pussy Wagon. You *fucker*!"



The Bride (Uma Thurman), "Kill Bill: Vol. 1" (2003)
 
 
 
E deixo-vos cá um extra... Tarantino inclui em todos os DVD dos seus filmes uma sequência nos Extras chamada "Hi, Sally", que basicamente consiste em extractos de filme entre cenas onde os actores dizem "Hi, Sally" para a câmara, com o intuito de entreter a editora, quando esta for editar o filme. No YouTube encontram dois deles, que passo a colocar abaixo:
 




Descansa em paz, Sally!

3 comentários:

João Samuel Neves disse...

A merecida homenagem. Se se vier a confirmar a notícia de que Tarantino irá deixar o cinema durante os próximos anos (fala-se que será para sempre), perdemos não só uma grande editora como um grande realizador. Bom Post! ;)

Joana Vaz disse...

Oh,espero que isso não aconteça.
Se assim for perderemos grandes futuros filmes...:(

Eu também gostei do post!:D

Uma diva conseguida não só graças à interpretação de Uma Thurman, como também ao fabuloso argumento de Tarantino.

Jorge Rodrigues disse...

Sim, é verdade. Espero mesmo que ele reconsidere, mas li no PopEater (acho) que ele disse que sem ela não conseguia fazer um trabalho tão bom como o costume.

É uma pena, de facto. Mas o Scorcese também disse que se reformava sem a Thelma Schoonmaker. E o Spielberg também sem o Michael Kahn.

São assim as grandes parcerias.