Dial P for Popcorn: Séries - It's Always Sunny in Philadelphia

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Séries - It's Always Sunny in Philadelphia




É actualmente a minha série favorita da televisão americana!

Depois da desgraça que foram as duas últimas temporadas de Entourage, It's Always Sunny in Philadelphia iniciou há poucas semanas a sua sexta temporada, para delícia dos seus incondicionais fans. Uma lufada de ar fresco na comédia americana (da qual não sou nada fan), criada por Rob McElhenney que, com o auxílio da sua mulher Kaitlin Olson, de Charlie Day e Glenn Howerton escrevem, realização, (muitas das vezes) produzem e protagonizam esta brilhante série.


De um humor negro sublime, toda a história gira à volta de um bar, ao estilo Irish Pub, que é gerido por Mac (Rob McElhenney), Charlie Kelly (Charlie Day) e pelos irmãos Dee Reynolds (Kaitlin Olson) e Dennis Reynold (Glenn Howerton), sem grande movimento ou lucro e que parece destinado aos mais bizarros acontecimentos.


Sendo que todos eles têm um lado idiota (alguns mais do que outros), Mac é filho de um ladrão que cumpre pena na prisão. Parece marcado por uma infância um pouco traumática, sendo uma pessoa muito impulsiva, imaginativa e decidida. Como todos os outros, todas as suas ideias estarão (quase) sempre votadas ao fracasso. Dee Reynolds é um lado feminino bastante invulgar. Como mulher que é, tem necessidades e pontos de vista naturais da sua condição que frequentemente são ridicularizados e ostracizados pelos três companheiros. Dennis Reynolds é a cara bonita desta série. Com uma auto-estima interminável e um ego do tamanho de Philadelphia, tenta frequentemente colocar em prática os seus dotes de galã e todas as teorias que facilmente é capaz de idealizar.


Por fim, a minha personagem favorita da série: Charlie Kelly! Que personagem! Felizmente ainda existe nos Estados Unidos imaginação suficiente para criar uma personagem tão carismática. Charlie Day é o Perfeito Anormal. É a cereja no topo do delicioso bolo que é It's Always Sunny in Philadelphia. Quando o vejo, facilmente me recordo do Jeff, a quem me rendi na série britânica "Coupling".

A partir da segunda temporada, entra em cena Danny DeVito, no papel de Frank Reynolds (pai de Dee e Dennis), que encarna uma das melhores personagens da sua carreira. Foi uma grande aquisição, que trouxe ainda mais valor a esta série!


Com episódios de vinte a trinta minutos e histórias independentes de episódio para episódio, It's Always Sunny in Philadelphia é um vício! Um vício saudável e que vos recomendo vivamente! Assim que começarem a ver... não vão conseguir parar!





Não resisto a deixar-vos aqui o teaser de apresentação que passou nas televisões americanas e que é, por si só, a demonstração da criatividade e irreverência que existe em It's Always Sunny in Philadelphia: http://www.youtube.com/watch?v=RSJGro_iZPs&p=AAFB2D69A1CF9381&playnext=1&index=21 (não consegui incorporá-lo, portanto terá que ficar assim!)

5 comentários:

José Mendes disse...

Este tenho que comentar...é mesmo uma série excelente!! Muitos episódios são sobre um tema polémico (ou pelo menos, na moda) como "The Gang Gets Racist" ou "Mac Fights Gay Marriage". Da minha parte, também recomendo vivamente.

My One Thousand Movies disse...

O teu blog é muito interessante.
Parabéns :)

Jorge Rodrigues disse...

Como tu sabes, eu não concordo com a tua opinião sobre a série.

Acho que puxa os limites do humor um pouco demais, abordando situações demasiado sérias num ponto de vista humoroso muito seco.

Dee (Kaitlin Olson) é, para mim, a única personagem que gosto de seguir em IT'S ALWAYS SUNNY (apesar de achar que Danny DeVito também me parece uma boa adição, a julgar pelos parcos episódios que apanho no FX de vez em quando) e... já sei que vou levar com bocas pelo que vou dizer a seguir mas...

Não suporto o Charlie Day. Enfim. Não consigo.

Dito isto, a série tem de facto uma base de fãs bastante leal e extremamente protectora, tem a FX por trás a apostar a sério nela e deverá ter os seus bons momentos.
Abraço,

Jorge

Anónimo disse...

sinceramente nao gosto da serie...
mas estou a gostar de acompanhar o blog ,parabens

Nun0B. disse...

A par de 30 Rock e Mad Men, esta é também uma das minhas séries favoritas do momento! E o Charlie é uma das personagens mais cómicas na televisão desde os tempos de Seinfeld!

Abraço :)