Dial P for Popcorn: Send in the... trailers - parte I

sábado, 23 de julho de 2011

Send in the... trailers - parte I

50/50



Uma das minhas apostas da nova temporada, penso que este "50/50" vai surpreender positivamente esta gente. Desde logo, tem um elenco que impressiona: Seth Rogen, Joseph Gordon-Levitt, Bryce Dallas Howard, Anna Kendrick e Anjelica Huston, entre outros. Um elenco portanto que saberá fazer comédia com um assunto tão pesado e triste. Além disso, o argumento de "50/50" fez parte da Black List, era dos mais cobiçados para este novo ano e o facto que acabou nas mãos de Jonathan Levine ("The Wackness") faz-me ter esperança que vá sair daqui um grande filme. A ver vamos. "50/50" estreia a 30 de Setembro nos Estados Unidos.


THE AMAZING SPIDER-MAN




Nem precisa de apresentações. Marc Webb ("500 Days of Summer"), Andrew Garfield e Emma Stone juntam-se para recomeçar (outra vez) a icónica história da origem de um dos maiores super-heróis da banda desenhada mundial, Spider Man. Será que este vai conseguir ultrapassar as expectativas e ser melhor filme do que o do seu antecessor, o estrondoso êxito de Sam Raimi? Duvido. Mas espero que sim. Até porque Garfield tem melhor figura para Homem Aranha do que Tobey Maguire. E Emma Stone é dez vezes mais impressionante como interesse romântico que Kirsten Dunst. Infelizmente, este teaser é muito fraco. Chega às salas de cinema mundiais a 3 de Julho.


ANOTHER EARTH




A premissa do fim do mundo está, aparentemente, em voga este ano. Um dos títulos mais intrigantes - e mais elogiados - que passaram por Sundance este ano foi este "Another Earth", escrito e protagonizado por Brit Marling, que aborda a história de uma rapariga que, ao descobrir que existe outro planeta Terra, decide fugir ao seu passado neste planeta e mudar-se para outro. O que ela não sabe é que a sua vida - e a vida de quem conheceu - estará para sempre irremediavelmente mudada.  "Another Earth" chega aos cinemas nos Estados Unidos a 23 de Setembro.


THE ARTIST





Poucos trailers me fascinam tanto à primeira vista que não envolvam primariamente cenas de fotografia do filme. No entanto, Jean Dujardin e este "The Artist" deixam tão indelével impressão que me deixaram ficar de facto impressionado com o filme, o verdadeiro grande sucesso de Cannes e que, apesar de ser estrangeiro e de ter como protagonista um actor desconhecido, tem ganho grande Oscar buzz. A preto e branco, sem fala como na era gloriosa do cinema mudo clássico, arrebatou os corações da plateia do sul de França e arrisca fazer o mesmo por todo o mundo. Para já, ter os Weinstein por trás é um bom sinal - mas nada de mais (relembre-se que "Le Concert" também teve o ano passado). "The Artist" estreia em Dezembro nos Estados Unidos.


A BETTER LIFE




Chris Weitz ("About a Boy") volta finalmente a fazer um filme com moderado sucesso. Depois de correr o circuito de festivais de Primavera (Sundance, Tribeca), estreou o mês passado nos cinemas norte-americanos  e foi desde logo bastante elogiado pela simplicidade e honestidade da sua história e pela interpretação fascinante de Demian Bichír. Uma história sobre amor paternal, sobre o que é ver fugir o sonho americano, parece-me um daqueles bons dramas que passam muitas vezes despercebidos. Sem estreia marcada para Portugal.


BEGINNERS




Um dos filmes que estreou nos Estados Unidos na primeira metade do ano que recolheu maiores admiradores e elogios foi este "Beginners" de Mike Mills, protagonizado por Ewan McGregor, Mélanie Laurent e Christopher Plummer, que conta a história da relação entre pai e filho depois do primeiro lhe confidenciar que é gay. Um e outro vão aprender, juntos, a ver a vida com outros olhos. Além da premissa ter bastante potencial, tanto dramático como comédico, tenho muita fé no talento dos dois protagonistas. Aliás, não é por acaso que Christopher Plummer já é considerado um dos favoritos à nomeação para o Óscar de Melhor Actor Secundário. "Beginners" deve chegar a Portugal no terceiro trimestre deste ano.


BEL-AMI





A minha dose anual de Robert Pattinson já transbordou com "Water for Elephants", mas o facto que cá está ele de novo pronto a atacar em época natalícia num filme em que ainda por cima contracena com Christina Ricci, Kristin Scott-Thomas e Uma Thurman é simplesmente... demais. Ainda assim, a demográfica feminina - particularmente aquela que se deleita com a saga "Twilight" - há-de adorar veementemente o filme. Já eu... estou mais interessado nas três actrizes. Não sei que fazer do filme, o trailer intrigou-me mas eu não suporto a falta de capacidade de Pattinson como actor. Estreia marcada para Dezembro nos Estados Unidos.


BRAVE








Venha "Brave" para me fazer esquecer o passo em falso dado pela Pixar este ano. Como todos sabem, eu sou um acérrimo defensor de tudo o que é Pixar, à excepção de uma coisa - "Cars". Não é um bom filme, ponto, e ando farto que me tentem convencer do contrário. É um filme banal, criado pura e simplesmente para entreter crianças e que mesmo que eu tivesse dez anos nunca iria gostar. É-me insuportável aturar os dois protagonistas e sofro sempre que penso que a Pixar decidiu ir à caça do dinheiro e fazer uma sequela. Felizmente, a equipa da Pixar foi inteligente e lançou a melhor jogada de marketing do ano: quando as críticas negativas começaram a chover, o teaser de "Brave" saiu à rua. Pois claro. E não me desapontou. Já estou a salivar por 2012. "Brave" estreia em Julho de 2012.



CONTAGION







Mal vemos o elenco que Steven Soderbergh arranjou para este "Contagion" é impossível não pensar no grandioso filme que daí há-de sair. Vejamos: Jude Law, Matt Damon, Marion Cotillard, Gwyneth Paltrow, Kate Winslet e Lawrence Fishburne. É assim que se faz um thriller de acção em torno de um desastre epidémico. Cheio de suspense do princípio ao fim, mesmo que o trailer revele desde logo um grande spoiler. O que me surpreende ainda mais é que este não é potencialmente o único brilhante Soderbergh que vamos ter este ano. Há um outro, que menciono mais abaixo. Promete. Parece que voltámos a 2000 de novo. "Contagion" tem estreia marcada para o mercado estadounidense para o dia 9 de Setembro.


Agora deixo-vos a palavra: algum destes trailers vos impressionou?



3 comentários:

Joana Vaz disse...

Quase todos, sobretudo "Brave", "A Better Life", "Beginners" e "Contagion".
Pelo que vi e escreveste perecem-me ser dos filmes mais fortes do ano... espero ansiosamente por vê-los!;)

João Samuel Neves disse...

O 50-50 vai ser aquele filme que eu vou adorar. É garantido! ;)

Jorge Rodrigues disse...

JOANA:

Sim, à primeira vista eu diria que 'Contagion', 'Another Earth' e 'Beginners' sejam dos melhores filmes do ano, se bem que em termos de Óscares não me parece que vão surtir grande efeito. '50/50', com as críticas que tem tido, contudo, watch out!

O grande candidato, no meio destes todos, que até admira não teres gostado muito, é 'The Artist', que muitos prevêem para nomeações de topo.


SAMUEL,

Não tenho dúvidas que vais gostar de '50/50'.


Cumprimentos,

Jorge Rodrigues