Dial P for Popcorn: Grandes Divas do Ecrã

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Grandes Divas do Ecrã

Não posso só seleccionar uma frase-chave, pois esta interpretação merece mais que uma menção.

Scarlett O'Hara é...

Opinionada ("I've never heard of such bad taste."),
Forte ("Don't bother me anymore, and don't call me sugar."),
Rude ( "You're coarse, and you're conceited. And I think this conversation has gone far enough."),
Lutadora ("God is my witness, I'll never be hungry again!"),
Teimosa ("You can take it all back to the kitchen; I won't eat a bite. No... I'm... NOT. "),
Tão inconvencional ("Why does a girl have to be so silly to catch a husband? "),
Poderosa num mundo de homens ("If either of you boys says "war" just once again, I'll go in the house and slam the door. ")

...E poderia passar horas aqui a descrevê-la mas a melhor frase, a que melhor a define, é esta: antipática e rude, algumas vezes com razão, outras não, mas sempre, sempre com muita classe e sofisticação:

"Ooh, if I just wasn't a lady, WHAT wouldn't I tell that varmint."



Provavelmente a melhor interpretação feminina da história. E uma das maiores divas do cinema também.
 
 
Scarlett O'Hara (Vivien Leigh), "Gone With The Wind" (1939)

5 comentários:

Roberto F. A. Simões disse...

Concordo totalmente. Uma das maiores interpretações femininas da hiistória. Grande Leigh.

Cumps.
Roberto Simões
» CINEROAD - A Estrada do Cinema «

João Samuel Neves disse...

Grande Post! É um grande trabalho de revisão que fizeste aí. Força na continuação da Rúbrica! ;) Abraço

Jorge disse...

Concordo. Também me arrebata por completo, daquelas intemporais, que força! Sem dúvida das melhores interpretações de sempre.

abraço

Jorge Rodrigues disse...

Ainda bem que concordam comigo e obrigado pelos comentários,

Jorge Rodrigues

Joana Vaz disse...

Que grande interpretação e personagem!
Frases fortes com expressões !;)

Parabéns pelo post!:)