Dial P for Popcorn: Grandes Posters

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Grandes Posters

"Eternal Sunshine of the Spotless Mind" (2004)


Lindo, não vos parece? Este filme, um dos meus favoritos da década, teve imensos designs mas este... com as mãos dadas, tão somente... E a luz do sol a esbater-se sobre a imagem capturada... Adoro.


Outros designs para este filme, todos excelentes, se bem que nada bate o acima, para mim:





P.S. - Peço desde já desculpa por estar a antecipar alguns posts que seriam supostamente da semana que vem mas como vou estar uma semana fora, em princípio sem computador, vou colocar até Sábado o máximo que eu puder. Fica o aviso.

5 comentários:

Joana Vaz disse...

Não conhecia este poster.

É lindo!:D

De forma tão simples mostra tanto.
Um caminho destinado a um amor eterno.
E incessantemente iluminado!
Adoro-o!

Dora disse...

O meu preferido sempre foi o último. O das tiras nos olhos...

Roberto F. A. Simões disse...

Por acaso também não conhecia e não gosto. Nem acho que tenha alguma coisa a ver com o filme. Kate Winslet nunca usou aquela pulseira que eu me lembre. Não gosto.

Cumps.
Roberto Simões
CINEROAD – A Estrada do Cinema

Jorge Rodrigues disse...

@JOANA VAZ, pois eu gosto muito dele também. Não sendo uma personificação do que se passa no filme, passa bem a mensagem do tema e faz-nos interessar pelo filme, talvez mais do que os outros designs.

@DORA, o das tiras é dos meus favoritos também, daí que eu tenha feito a excepção de incluir, desta vez, mais do que um poster, por ter noção de que o design que escolhi não é consensualmente o melhor. E o das tiras nos olhos é uma ideia bastante bem executada.

@ROBERTO SIMÕES, por que razão não gostas? Eu também tenho a impressão que aquela não é uma imagem do filme mas acho que passa de uma forma muito bonita a mensagem e o tema. De qualquer forma, gostas de algum dos outros designs?


Abraço e obrigado pelos comentários,

Jorge Rodrigues
http://dialpforpopcorn.blogspot.com

DiogoF. disse...

Não conhecia. Não me fascina muito mas é o que gosto mais, de todos.

De qualquer forma, tenho uma certa aversão a este filme. Ia com expectativas elevadíssimas e foi uma desilusão monumental.

Abraço.