Dial P for Popcorn: Quentin Tarantino: RESERVOIR DOGS (1992)

segunda-feira, 2 de Agosto de 2010

Quentin Tarantino: RESERVOIR DOGS (1992)


Inicio hoje um projecto que há muito anseio fazer: Apresentar-vos todos os filmes de Quentin Tarantino, aquele que é, para mim, uma das maiores figuras de sempre da História do Cinema.

Cães Danados foi o filme com que se mostrou ao mundo. É um dos meus filmes favoritos e, dos que têm a sua autoria, o meu preferido. Melhor até do que o Pulp Fiction.

Estávamos em 1992 e Quentin era um miúdo de 29 anos, sem dinheiro e com vontade fazer um filme. De uma ideia simples, saiu um filme genial. O filme começa com um grupo de indivíduos, que havia sido contratado por Joe Cabot, com o objectivo de assaltar um banco. Num grupo em que nenhum deles, à partida para o assalto, se conhecia, acabam por colocar de parte as suas verdadeiras identidades e, por motivos de segurança, alteram os seus nomes para Mr. White (Harvey Keitel), Mr. Pink (Steve Buscemi), Mr. Blonde (Michael Madsen), Mr. Orange (Tim Roth), Mr. Blue (Edward Bunker) e Mr. Brown (Quentin Tarantino).

Após alguns problemas na fuga, esta não corre como previsto e o grupo decide refugiar-se numa Garagem. É nessa mesma garagem que se vai então desenrolar então grande parte do filme. Sim, numa Garagem! E perguntam então vocês como é que alguem consegue fazer um filme tão genial, tão brilhante e tão intenso, tendo como pano de fundo, uma garagem. Pois bem, não querendo eu revelar muito do que é o filme, pouco depois da chegada a esta garagem, o grupo começa a desconfiar da possibilidade de haver, entre eles, um policia infiltrado responsável pelo assalto ter fracassado. Tudo se constrói à volta desta conspiração e é esta mesma conspiração que suporta todo o filme.

Com várias cenas "à Tarantino", tem momentos que ficam para a história e que, para bem de que ainda não viu o filme, prefiro não revelar. Digo apenas que o final é o climax de toda a história e que contém cenas de humor negro que poderão chocar os mais sensíveis.


Um filme feito por um génio. Uma ideia fantástica. Um argumento de nota 10 (A+), com uma realização de A+ e com boas interpretações de Michael Madsen, Tim Roth e Harvey Keitel, é um filme em que mais do que os actores, sobressai o criador da obra: Quentin Tarantino.

Nota Final: A+

Trailer:


Informações Adicionais:
Realização: Quentin Tarantino
Produção: Lawrence Bender
Argumento: Quentin Tarantino
Duração: 99 minutos.
Ano: 1992

2 comentários:

Jorge Rodrigues disse...

Mudei-te o título, como é uma espécie de projecto... para não haver misturas com a outra rubrica do "Recomenda-se" :D

De resto... Pois que já sei da tua infatuação louca pelo 'Reservoir Dogs', tal e qual como a minha pelos 'Kill Bill'.

De qualquer forma, o que há a ressalvar é o génio por detrás destes filmes, Quentin Tarantino. Pode até só ter feito menos de uma dezena de filmes, mas tem o lugar na história asseguradíssimo já.

djamb disse...

Grande filme, sem dúvida! Dos melhores de Tarantino.