Dial P for Popcorn: O Cinema Numa Cena

segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

O Cinema Numa Cena

Bem-vindos a mais uma rubrica semanal aqui no Dial P for Popcorn - "O Cinema Numa Cena" tenta mostrar as nuances de uma interpretação fora-de-série numa cena pivotal do seu filme. Depois de falarmos das actrizes de "The Piano", Javier Bardem em "No Country for Old Men" e de Catherine Zeta-Jones em "Chicago", pegamos esta semana (um pouco mais cedo que o habitual, mas enfim) em mais uma extraordinária interpretação desta década: Christian Bale como 'Patrick Bateman' em "American Psycho" (2000).



Christian Bale enche-nos as medidas com esta interpretação fora-de-série, que o consolidou como um dos melhores actores do 'show biz' e que nos mostrou que aquele miúdo que aos 13 anos se estreou no cinema na mega-produção de Spielberg, "Empire of the Sun" (1987), estava mesmo destinado ao estrelato. Claro que desde então Bale tem vindo a provar consecutivamente porque é que é um dos melhores, com performances incríveis em "Equilibrium" (2002), "El Maquinista" (2004), "Batman Begins" (2005), "The New World" (2005), "Rescue Dawn" (2006), "The Prestige" (2006), "I'm Not There" (2007), "3:10 to Yuma" (2007), "The Dark Knight" (2008) e "Public Enemies" (2009). Muito provavelmente, receberá a sua primeira nomeação (e quanto já não a merece - já devia ter surgido há bem mais tempo) para Óscar pelo seu papel secundário no novo filme de David O'Russell, "The Fighter".  

Contudo, foi com este filme que tudo começou. E Bale é simplesmente inolvidável como o sofisticado psicopata Patrick Bateman, que chacina as suas vítimas enquanto cita filosofia, discute música e fala sobre arte. Deixo-vos duas cenas que quanto a mim mostram o que é Patrick Bateman:

(peço desculpa pela qualidade de imagem mas de outra forma não dá para incorporar: se querem ver em melhor qualidade vejam aqui)

1 comentário:

Joana Vaz disse...

Ainda não vi o filme, mas Christian Bale parece ter uma prestação tão distinta, que mesmo não gostando muito deste género cinematográfico, fiquei com vontade de o ver!:)