Dial P for Popcorn: PERSONAGENS DA MINHA VIDA - #2

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

PERSONAGENS DA MINHA VIDA - #2


Bem-vindos à segunda edição de mais uma iniciativa do nosso blogue, Dial P For Popcorn. Esta rubrica, "Personagens da Minha Vida", conta com a participação de vários cinéfilos, sejam eles bloggers ou simplesmente amantes de cinema. Esperemos que participem, que comentem, que opinem e que isto corra bem. A ver vamos. Pode ser que correndo bem tenhamos a renovação para uma segunda temporada em 2011.



"Se a minha vida fosse transportada para o ecrã, que personagem seria eu?"

O objectivo da rubrica é colocar as pessoas a pensar em personagens, tanto cinematográficas como televisivas, que partilhem características, sejam físicas ou psicológicas, com eles.

Vamos à segunda edição desta rubrica. Desde já agradeço à Ana Alexandre (Split Screen Blog) por ter aceite o meu convite.



- Personagens da Minha Vida #2 -

Passo a palavra à Ana Alexandre que explicou as suas escolhas:


«
Todas as minhas escolhas recaíram na parte psicológica ou na vida das personagens excepto, talvez, pelas sardas da Dory ou o cabelo com personalidade própria da Liz.


Rory Gilmore - Começando pela parte melhorzinha (daqui para baixo começam a ver que não sou boa pessoa), a mais nova das Gilmore. Pela mania de andar sempre com os livros e a ler coisas que mais ninguém lê (e eu cheguei a ir no metro a ler "A Morte de Ivan Ilitch" porque tinha de sair de casa e não me apetecia largar o livro), porque ela fala à velocidade da luz, pela cromice ocasional e inocência quase em demasia, por fazer muitos disparates na vida, por gostar de ver filmes e por ter crescido numa terra onde toda a gente se conhecia. Foi a personagem cuja adolescência acompanhou a minha e era nela que muitas vezes me revia.


Charlotte - Neste caso a escolha recaiu nela pela necessidade de encontrar alguma coisa de entusiasmante numa vida essencialmente monótona de quem raramente teve de batalhar muito pelo que queria. A miúda aborrecida com a vida, essencialmente. Lost in Translation é o meu filme preferido e é complicado para mim conseguir explicar a minha relação com esta personagem.


Gabrielle Solis - No fundo acho que quase todas as mulheres têm aquele bocadinho de Gabrielle dentro de si. Por um lado, o amor às coisas consideradas fúteis pela maioria, por outro o facto de que, se mexem com ela, estão tramados porque a capacidade feminina de dar as maiores voltas para conseguir vingança é extraordinária. Também porque é uma pessoa que, apesar de se colocar muitas vezes em primeiro lugar, é a primeira a saltar em cima de quem faz mal às pessoas de quem gosta.


Monica Geller - Pela parte de ser uma mandona e ocasionalmente ligeiramente psicótica em certas coisas (eu cá tenho a mania de fazer listas por tudo e por nada para me organizar). Normalmente também estou sempre convencida de que tenho razão e sou extremamente competitiva. Depois existe o facto de ela ser chef, porque eu adoro cozinhar.


Dory - Quem me conhece sabe que nesta parte dispenso justificações. Tenho uma memória terrível, sou extremamente distraída e completamente aérea. Podem achar que estou a exagerar, mas podem confirmar com qualquer pessoa que conviva comigo. Até hoje nunca tentei falar baleiês, mas a experiência com o espanholês também não me correu muito bem.


Liz Lemon - A Liz tem aquele humor sarcástico de que tanto gosto e que as pessoas à minha volta têm tendência para não gostar muito. E também gosta imenso de comer, mas eu como menos e normalmente não gosto assim tanto de fast food. Além de tudo isso também tenho uma capacidade relativamente boa no chamado "desenrascanço", mas ela supera-me, já que eu não era capaz de mostrar a roupa interior em público para safar alguém. Além disso teve toda aquela infância nerd, com a qual me identifico parcialmente.


Leonard Hofstadter - Como não podia deixar de ser, há o meu lado extremamente geek. Na verdade não sou fã de BD ou de Star Trek (neste caso porque não cheguei a ver nada a não ser o filme do J.J. Abrams), mas de resto... sejam jogos de computador em LAN, sejam maratonas de Lord of the Rings, consolas Nintendo em excesso, perceber (qualquer coisa de) física e computadores e falar disso tudo como se fosse suposto as restantes pessoas perceberem do que estava a falar. Pois, sou eu. Culpada.
 »



video

(o vídeo está também disponível via YouTube: AQUI)


E vocês, que Personagens de Cinema e Televisão vos definem? Está aberta a discussão.

 

4 comentários:

Pedro Ponte disse...

Gosto que sejam todas tão diferentes (vejo a inclusão da dona de casa desesperada como o 1/7 de ti que não gosto), porque de resto é essencialmente um testamento ao teu geekismo, coisa que me faz sorrir. Senão vejamos: Dory, Lemon e Leonard no mesmo lote. What's not to love? :)

AnaA disse...

Já nem me lembrava do que tinha escrito por ali... mas é verdade, tudinho xD até acho que fui honesta demais :P
Se tivesse havido espaço para mais uma personagem teria posto *tchan tchan* a Bree van de Kamp ou então a Nic do TKAAR, porque eu também tenho a mania de fazer as coisas muito direitinhas e muitas vezes numa maneira muito tradicional e politicamente correcta. É outro dos meus lados negros (estou a chegar à conclusão de que tenho muitos, isto não é lá muito bom)
Muito obrigada pelo convite, claro, e pela paciência com as 50 perguntas que devo ter feito, muitas das quais eram uma variação de "quando envias o e-mail?".

Ponte: nhe, todas as mulheres têm esse lado, se fôssemos perfeitas não tinha piada nenhuma porque não tinham nada para reclamar de nós. Assim é mais giro ^^ mas pronto, sou suficientemente geek para gostares de mim, já não há problema.

Tiago Ramos disse...

Confirmo que as escolhas são bastante aproximadas da realidade. :P

Justificações muito bem dadas!

Jorge Rodrigues disse...

Como o Pedro já disse, é engraçado que tenhas escolhido personagens tão distintas e diversas, todas com coisas boas e más.

Existem três delas que, como já te disse, realmente reconheço em ti. A Rory Gilmore é-me uma incógnita porque nunca vi esse teu lado (também não te conheço assim tão bem para isso) mas se o Tiago confirma, é uma escolha interessante.


As tuas outras seis escolhas, contudo, só mostram a pessoa excelente e interessante que deves ser. Dory + Leonard + Liz + Gabrielle + Charlotte + Monica = awesomeness.

Agradeço imenso a tua participação :)

Jorge Rodrigues

P.S. - A Nic do TKAAR também podia ter sido uma das minhas escolhas!